COMPARTILHE

abril 2011

Aquela pilha de roupas na cadeira, esperando o momento de perder as marcas do varal, não precisa ser tão assustadora. Sabendo usar, o ferro de passar roupas é um aliado na hora de manter a boa aparência. Com apenas seis truques rápidos, você pode perder o medo do enfrentamento com os tecidos e deixar seu ferro turbinado.

1. Eletricidade
Como com qualquer eletrodoméstico, verifique a voltagem do aparelho antes de ligá-lo e sempre desligue o ferro antes de tirar o plugue da tomada. Se o seu ferro é a vapor, não se esqueça de desligar da tomada quando for encher ou esvaziar o reservatório de água. Antes de guardá-lo, deixe o instrumento esfriar e, enquanto isso não acontece, mantenha o fio afastado da parte quente, para evitar que ele derreta.

2. Temperatura certa
Procure utilizar sempre a temperatura indicada nas etiquetas das roupas para não danificá-las. Caso a etiqueta não contenha essa informação, experimente aumentar a temperatura aos poucos, começando com o menor nível de calor e chegando progressivamente à maior temperatura.

3. Hora de recolher
Se suas roupas ficam um pouco duras quando você as recolhe do varal, repense se elas não estão ficando tempo demasiado no sol. Se a exposição ao sol for exagerada, elas ficarão muito secas e será mais difícil desamassá-las. Para evitar que isso aconteça, estenda as peças na sombra e as recolha assim que estiverem secas. Para facilitar ainda mais, guarde as peças já dobradas ou em um cabide, assim que forem recolhidas, para evitar que amassem mais.

4. Limpeza
Um ferro sujo pode estragar todo o trabalho de lavar as roupas. Se o aparelho começar a acumular resíduos na superfície, está na hora de limpá-lo. Para isso, basta esquentar o utensílio, desligá-lo da energia e esfregar uma palha de aço envolvida em um pano. Atenção: não utilize a palha de aço se o seu ferro for revestido de teflon. Nesse caso, utilize somente o tecido úmido.

5. Ajudinha extra
Os produtos que auxiliam na remoção de vincos e facilitam no deslizamento do ferro sobre a roupa são uma boa pedida. Se preferir, você pode borrifar uma mistura de água e amaciante no tecido momentos antes de passá-lo. Para as roupas escuras, aplique apenas água ou o próprio vapor do eletrodoméstico, para não deixar manchas.

6. Peças delicadas
Peças de crepe, cetim e linho devem ser passadas do avesso ou com um pano fino sobre elas – um fralda, por exemplo. Isso evita que as roupas fiquem manchadas ou com marcas do calor. Com bordados, aplicações em tecido e estampas emborrachadas também exigem o mesmo cuidado, sempre com baixa temperatura.

 

Fonte : Site Tramontina