COMPARTILHE

Para quem está entrando no mercado Têxtil e conhecendo mais sobre esta área tão importante na economia atual, deve também procurar conhecer os principais termos utilizados e seus significados. Encontramos alguns deles com histórias e origens bem interessantes:

Alta costura: É o setor da indústria têxtil que envolve diversas áreas, como as da costura, dos tecidos e fábricas. São compostos principalmente por costureiros especialistas, bem como artistas de renome e bom gosto, como Christian Dior,  Pierre Cardin e Y. Saint Laurent.

Aviamento: Acessórios que são utilizados para compor uma peça de roupa, como miçangas, fivelas, fitas, botões, zíperes e outros.

Babado: Tira de tecido que é costurada à uma roupa, geralmente localizada na barra de saias.

 Bermuda: Nome de peça de roupa que teve origem no arquipélago das Bermudas, um balneário. Na época das décadas de 30 e 40, não era permitido às mulheres usar biquinis, nem mostrar o corpo, então elas usavam uma espécie de calça até os joelhos para tomar banho de mar. Foi então que surgiu o nome bastante conhecido para se referir à peça de roupa que pode ser usada tanto por homens, quanto por mulheres.

Blazer: A princípio era utilizado somente por homens como um paletó. Era feito de flanelas. Nos anos 20 as mulheres começaram a utilizar uma versão feminina, em que combinavam com saias, camisas e também gravatas. Nos ano 70 se popularizou como um item do vestuário executivo.

Boca de Sino: Nome dado ao estilo de uma calça muito popular nos anos 60. Foram inspiradas nas calças de marinheiros, que tinham as pernas em formato de sino, do joelho ao tornozelo.

Bordado: Trabalho feito com agulha sobre o tecido, formando desenhos. Era conhecido pelo trabalho manual de como era feito, no início do século 20.  Depois com o surgimento das máquinas para bordar, o trabalho se tornou mais ágil e com mais perfeição.

Canvas: Tecido grosso, usado para fazer calças jeans.

Engomagem: Embora se pareça com passagem de roupas, o termo tem outro significado.  É uma técnica que confere resistência ao fio através de uma solução colante.

Estampagem: Processo utilizado para imprimir uma imagem ou estampa ao tecido, com a finalidade de valorizá-lo. Antigamente era pintado à mão. Hoje é feito por meio de prensas térmicas.

Fenda:  Abertura feita no vestido ou saia para permitir a liberdade de movimentos e também conferir sensualidade à vestimenta.

Máquina de Costura: Máquina destinada a unir partes de tecidos através de laçadas ou pontos.  Existem diversos modelos de máquinas domésticas e 2 mil de máquinas de costura industriais, ambas compostas de microprocessadores para executar a operação.

Patchwork: Trabalho artesanal que une retalhos de tecidos. Teve expansão na década de 60, muitas roupas eram feitas con esta arte, como casacos, calças, vestidos e jaquetas. Hoje é mais destinada à colchas e almofadas.