COMPARTILHE

Para quem vai comprar seu primeiro terno, algumas regras são fundamentais para acertar na escolha. Requer um certo conhecimento, pois é uma peça de roupa que ao mesmo tempo é um investimento.

As cores principais que você deve ter em seu guarda-roupa são em tons em cinza, azul-marinho e preto. Para o conforto, opte por ternos de lã. Esteja atento para as proporções corretas.

Verifique a altura do terno, comprimento e a lapela. Os ternos não possuem a mesma medida de camisetas e calças, portanto não vai adiantar procurar por um terno pelos tamanhos P, M e G. A numeração também é diferente. Se o seu número é 42, seu terno corresponderá ao tamanho 52, que é o equivalente à medida M.

Para quem vai mandar fazer por uma costureira ou alfaiate, poderá depois fazer ajustes, sempre observando alguns detalhes como ombro e peito, que devem estar alinhados para manter a elegância.

Os paletós sempre devem ser provados em pé, com os braços ao longo do corpo. As mangas devem estar à altura dos punhos, perto do início do dedo polegar. As costas não devem ter “sobras” de tecido, bem como as lapelas. Para a camisa que vai compor o conjunto, as mesmas devem apenas estar aparentes 1 cm para fora da manga. As calças nunca devem cobrir totalmente os sapatos. Nunca deixe as meias aparecendo. Para que fique uma boa prova, utilize já com os acessórios como cinto e sapatos.

Quem é magro, deve optar por modelos com lapela de largura fina. Para quem tem peito largo, a lapela deve ser larga. Os modelos com dois ou três botões são os mais usados atualmente. Para fechar, apenas os dois primeiros botões.

Para cada biotipo, há uma forma de disfarçar defeitos, basta procurar em cores e texturas corretas de tecidos.