COMPARTILHE

Uma nova tecnologia está trazendo um novo tipo de tecido – o tecido antimancha lavável. Tecidos antimancha já existem e são bastante comuns no mercado.

Porém a novidade deste produto está em não apenas repelir a sujeira, mas eles também possuem uma estrutura que age contra manchas, ou seja, eles expulsam as manchas mais difíceis como graxa, cola, outras substâncias aderentes e até mesmo ácidos.

Outra vantagem deste novo material é a capacidade de manter sua atividade mesmo após várias lavagens, que podem ser feitas em máquinas de lavar normais.

O desenvolvedor do projeto, Yan Zhao junto com seus colegas de faculdade na Austrália, informam que o produto foi feito com uma técnica de deposição de multicamadas com cargas positivas e negativas que se dispõem de forma alternada. É uma forma de “amarração” molecular.

Para aumentar a durabilidade do tecido, os pesquisadores adicionaram nanopartículas de sílica, um material que é como uma areia fina. O tecido é então mergulhado diversas vezes em uma solução antimancha a fim de incorporar as camadas do material. À luz ultravioleta, as moléculas do grupo se entrelaçam criando uma forte estrutura que “amarra” as camadas, tornando o revestimento bastante durável, ficando intacto mesmo após várias lavagens em máquinas de lavar.

O tecido é também hidrofóbico, com capacidade para repelir água, sendo bastante eficientes neste sentido. O processo é semelhante às ceras usadas em carros, que repelem a água da chuva quando entram em contato com a superfície do veículo que está com a cera aplicada.

O Tecido antimancha lavável, é um tecido também ajustável dependendo do seu uso, que serve à diversos propósitos. Ele pode ser usado para revestimento de sensores e também de equipamentos médicos, sendo também úteis como antibactericidas.