COMPARTILHE

Atualmente, com o comércio online em franca expansão, não existem mais dificuldades para que um produto chegue a qualquer consumidor em qualquer lugar do mundo. As ferramentas online, a compra e a venda via internet tem ajudado a alavancar vendas também no setor de moda íntima.

Isto é confirmado por lojistas em Guaporé, que já conseguiram grandes resultados antes mesmo de serem lançados na Feira de Negócios Intimasul, que acontecerá durante os dias 15, 16 e 17 de julho. A Feira reunirá cerca de 40 expositores e é considerado um dos maiores eventos de moda íntima, moda praia e fitness.

As lojas virtuais vieram para gerar um alcance imensurável, onde tanto distribuidor quanto consumidor tem acesso aos produtos onde estiverem. As vendas pela internet permitem um amplo e personalizado atendimento ao cliente, que recebem seus produtos no conforto do seu lar.

Lojistas virtuais do ramo de lingeries informam que as vendas via internet trazem um bom retorno e que pretendem investir ainda mais neste segmento.

O aumento das vendas chegou a 0,7% em abril. Em comparação com o ano passado, houve um acréscimo de 6%, de acordo com o Serasa, que registrou uma diminuição do nível de inadimplência. Outra vantagem para quem vende online é o poder aquisitivo do consumidor que tem aumentado e o crescimento econômico pelo governo possibilita um efeito positivo nas vendas via varejo.

As datas comemorativas, como o dia das mães tem também ajudado nas vendas neste segmento de moda íntima.

Guaporé fica no Rio Grande do Sul e é um importante pólo de moda íntima no Sul do Brasil. A 5ª edição da Intimasul, feira voltada para moda íntima e moda praia teve um movimento de cerca de R$ 2 milhões em negócios em sua última edição, tornando-se referência no setor. Espera-se que esta edição alcance um número ainda maior.