COMPARTILHE

Se você é jovem e está pensando em fazer um curso superior ou mesmo se você está em busca de mudar de profissão e deseja um trabalho que envolva tecnologia têxtil, produção, tecelagens e tudo sobre a indústria da confecção de roupas, a profissão correta para você é Engenharia Têxtil.

É um curso superior de Bacharelado, que utiliza técnicas e conhecimentos para a fabricação de fibras e tecidos e na confecção de roupas. Um Engenheiro Têxtil é responsável pelas instalações do maquinário, linhas de produção de tecelagens, controla os processos industriais, entre eles, a estamparia, tingimento de tecidos, corte e costura, matéria-prima e produto final. Ele também coordena o trabalho dos funcionários e técnicos para realizar os projetos feitos por estilistas. Também possui conhecimentos de Marketing, que o possibilita a assessorar e orientar os clientes.

O mercado de trabalho para um Engenheiro Têxtil está na área de vendas, como autônomo, prestando serviços de consultoria industrial, pode trabalhar também como Representante Comercial de confecções ou indústrias, trabalhar em pólos de malharias. Os melhores locais que oferecem vagas é em  São Paulo, devido ao grande número de indústrias têxteis na região, em Santa Catarina, local onde estão concentradas as malharias, e no Ceará, onde há várias indústrias de fiação e o mercado é bastante promissor.

O salário inicial fica em torno de R$ 3.060,00 por 6 horas diárias.

O que estudar:

As matérias do curso consistem em estudar composição de fios e tecidos, os processos e as máquinas empregadas em fiação, tecelagem, malharia e confecção.

Fibras têxteis, texturização, tecelagem, malharia, beneficiamento, controle de qualidade e desenvolvimento do produto, além de projetos e instalações industriais têxteis, são partes das matérias específicas. Também há outras direcionadas ao gerenciamento e controle de produção. O estágio é obrigatório e a duração média do curso é de 5 anos.