COMPARTILHE

Tem início hoje, dia 27 de junho, o projeto “Retalho Fashion”.  A programação é de iniciativa do Sinditêxtil-SP e propõe a inclusão social e preservação ambiental através da reciclagem de resíduos têxteis. O projeto acontece no Auditório do SENAI Vestuário, no Bom Retiro, em São Paulo, e vai organizar a coleta de retalhos de tecidos na região a fim de vendê-los para indústrias de reciclagem. Isto capacitará também pessoas para coleta do material, gerando assim emprego e renda.

Quem apoia a iniciativa do Sinditêxtil é o SENAI SP, a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), a Câmara de Dirigentes Lojistas do Bom Retiro e a Prefeitura de São Paulo.

As estatísticas sobre o desperdício de materiais que poderiam ser reciclados no Brasil, somam-se cerca de 13.477 toneladas de trapos de tecidos, o equivalente a mais de US$ 13 milhões, que foi importado. A região que mais gera este tipo de resíduo na Grande São Paulo, é no Bom Retiro, onde funcionam 1.200 confecções e produzem juntas cerca de 12 toneladas de resíduos têxteis por dia.

Como pela lei, somente aqueles que produzem acima de  200 litros de lixo diário podem contratar uma empresa para recolher o que sobra, muitos comerciantes descartam o excedente ali mesmo nas ruas, causando poluição e fazendo com que restos de retalhos por fim tenham destino os grandes lixões e aterros sanitários.

A título de informação, somente o tecido de poliamida, o náilon, demora cerca de mais de cem anos para se decompor na natureza, o que poderia ter outro destino mais útil do que ser descartado, como por exemplo, servir de insumo para forração de automóveis e colchões, pluma, fabricação de novos fios, tecidos, sacolas de supermercado, feltros e outros.

Para Alfredo Emílo Bonduki, presidente do Sinditêxtil-SP, o Projeto poderá contribuir para a inclusão social e preservação ambiental.

Saiba mais sobre a programação do evento:

18h – Coquetel

18h30 – Abertura: Alfredo Bonduki (presidente do Sinditêxtil-SP)

18h40 – Mesa de abertura: representante da Prefeitura de SP ( a confirmar)

19h – Política Nacional dos resíduos sólidos e suas implicações para a cadeia têxtil nacional a curto e longo prazo: Eduardo San Martin – diretor Adjunto do Meio Ambiente da FIESP

19h45 – Retalho Fashion: inclusão social e preservação ambiental por meio da reciclagem de resíduos têxteis – Sylvio Napoli – Infraestrutura e Tecnologia – Sinditêxtil-SP

20h10 – Perguntas e respostas

20h30 – Encerramento