COMPARTILHE

tesoura-linhas-1024x676

Setor Têxtil – Projeção Para 2013. O setor têxtil e de confecção encerrou o ano de 2012 com um faturamento de 56,7 bilhões de dólares, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT). Segundo o Diretor da Associação, Aguinaldo Diniz Filho, estes dados representaram uma queda de 15,4% em relação a 2011, que foi de 67 bilhões de dólares.

Nos meses de janeiro e novembro de 2012,  houve um recuo na indústria têxtil, que registrou 4,6% em volume, em comparação com o ano de 2011. Na área de confecção, a redução foi de 10,5% durante este período. Em compensação, o volume de vendas varejistas teve um acréscimo de 3,4% nos onze messes do ano de 2012.

Aguinaldo Diniz Filho disse que esta diferença no volume da indústria e do varejo ocorre devido ao aumento das importações. Entre os meses de janeiro a novembro de 2012, a importação de roupas teve um acréscimo, subiu 19,6% em comparação com os mesmos meses do ano de 2011. Ele ressalta que não são contra a importação. Apenas são contra a concorrência considerada desleal e predatória, o que prejudica investimentos e aumenta o desemprego.

O dirigente da Associação diz estar tentando uma reunião a presidente Dilma Rousseff para discutir medidas que possam reverter esse quadro, com o objetivo de visar a expansão e favorecer mais a produção nacional.

Setor Têxtil – Projeção para 2013

Para 2013, a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção prevê um aumento de até 2% na produção. Segundo o Diretor Diniz Filho, isto se dará por conta do varejo, que deverá registrar um crescimento de 4% neste ano. Já o faturamento do setor têxtil e de confecção, deve atingir a casa de 53 bilhões de dólares.

Os dirigentes do setor têxtil estão otimistas, estimam avanço de 2,4% na indústria, o que gerará estabilidade na geração de emprego no setor de confecção. “Se tudo correr bem, com a ajuda das medidas do governo,  teremos um 2013 melhor para a Indústria Têxtil”, informou o presidente da Abit.